segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Plantas repelentes naturais para vários insetos

Principalmente com a chegada do verão vários insetos aparecem para acabar com nosso sossego. Para não usar venenos que não fazem bem para ninguém ou pelo menos utilizar o menos possível. Temos a alternativa de utilizar repelentes naturais. Deixando vasos de plantas que são repelentes naturais na área externa da casa,no caminho percorrido pelo vento para que seu aroma circule pelo local. Além de manter o ambiente limpo, asseado e os alimentos bem acondicionados para não atrair esses visitantes indesejados.

Utilizar repelentes naturais, não que dizer que, vai acabar com os insetos, mas pode diminuir a sua incidência. Além de trazer o aroma e a presença agradável da natureza para seu lar. De um modo geral, os mosquitos são repelidos por plantas aromáticas com cheiros fortes.

Manjericão (Ocimum basilicum): Cultive manjericão ao ar livre ou então em vasos em áreas fechadas. O manjericão deve ficar perto das janelas ou portas por onde os mosquitos geralmente entram.

Jasmim (Jasminum officinale): O seu aroma natural funciona como um repelente natural de moscas e mosquitos.

Eucalipto aromático (Eucalyptus citriodora): Nas árvores de grande porte pode-se optar pelo eucalipto aromático. Estas árvores, também conhecidas como eucalipto-limão ou eucalipto-laranja, têm um cheiro parecido com o do limão ou da laranja, que repele os mosquitos.

Cânfora (Cinnamomum camphora (L.) J. Presl; sin: Laurus camphora L.): seu cheiro é inibidor de aranhas e traças. Para tanto, é recomendável a diluição em álcool para o seu borrifamento nas paredes e armários.
Arruda - repelente de mosquitos e ratos.
Hortelã – repelente de mosquitos, ratos e pulgões.
Andiroba – seu efeito inseticida age especialmente no mosquito da dengue.
Citronela (Cymbopogon nardus): O repelente natural mais comum é a citronela. Podem cultivá-la em vasos ou então no jardim. Neste último caso as plantas devem ficar a pelo menos 1,5 m de distância umas das outras. Repelente de mosquitos e do Aedes aegypti (transmissor da dengue).
Segundo a aromaterapia, a citronela também funciona como antidepressivo, anti-séptico, desodorante, tônico e estimulante. Uma outra forma de aproveitar o poder repelente da planta é fazer um chá com as folhas da citronela e usá-lo para limpar o chão, passar em parapeitos de janelas, etc.
Para formigas utilizar: hortelã, poejo, arruda e tanaceto. Pode utilizar as plantas ou ramos secos das mesmas nos locais problemáticos. Pense em criar uma barreira nos pontos de entrada das formigas. Por exemplo, polvilhe um rastro estreito e contínuo de pimenta-de-caiena, pimenta-do-reino ou sal no caminho delas. Ou faça um risco de giz.
Limpe freqüentemente o peitoril da janela com óleo de cravo-da-índia ou de eucalipto. As formigas não gostam desses cheiros fortes.
Para baratas: grãos de baunilha ou flores de crisântemo secas.

Fontes:

 

4 comentários:

  1. Bom dia Andrea, adorei as dicas. Lá em casa temos problemas com pernilongos e já estava mesmo pensando em plantar alguma coisa, mas não sabia que tinha tantas opções, a única que me vinha a mente era a citronela.

    Bjs, vou te seguir ;)

    ResponderExcluir
  2. Olá Patty!

    Que bom que gostou e obrigada por seguir este blog que faço com muito carinho!

    Abraços!

    Andrea

    ResponderExcluir
  3. Andrea,

    parabéns pelo post. Estava procurando plantas já com esse intuito e você me ajudou demais!

    Beijos e te seguirei no Twitter haha.

    ResponderExcluir
  4. Obrigada!

    A intenção é ajudar sempre!

    Abraços!

    Andrea

    ResponderExcluir

Obrigada por sua participação!!!