quarta-feira, 18 de julho de 2018

Decoração com toque especial



Decoração com toque especial

Tudo que fazemos em casa são como lembretes físicos do que está na nossa mente. Quando o lar e a nossa mente estão de acordo nosso viver é bem mais harmonioso. Daí você pode se perguntar: se a minha casa está uma bagunça e vivo bem assim mesmo. Quer dizer o quê? Ou para meu irmão ou para mim está ok ficar no meio da bagunça, mas para os outros moradores não. Como resolver?

A vida é cheio de aprendizados. Já pensou que o mundo poderia ser muito chato e monótono se todos gostassem da mesma coisa? Ou como o dizer antigo: não se faz bom marinheiro em mar calmo. O viver em sociedade faz com que saiamos da zona de conforto e a convivência em família de uma forma ou de outra nos ajuda a aprender a conciliar gostos e jeitos diferentes de ser.

Muitas vezes o jeito de uns pode despojado ou mais rigoroso seja com relação ao vestir ou organizar a casa. Para conciliar é preciso dialogar. Algumas vezes é preciso ajuda de um profissional. Desde que essa pessoa saiba conciliar organização com a personalidade dos moradores.

Existem regras e truques de organização e decoração que deixam os ambientes bem melhor de conviver. Você só nunca tinha pensado nisso. Nem sempre temos esse dom ou conhecimento. A partir de mudanças feitas no espaço você verá que pode tornar o ambiente bem mais harmonioso.

Um local para se fazer um teste é a sala de estar. Já que os  quartos são ambientes privados e pode-se deixar cada um arrumar do seu jeito. Dê sugestões para o bom convívio. Regras criadas em conjunto. Como onde se colocar a roupa suja para não ficar atirada em cima de camas ou embaixo delas (!?!). Voltando a sala. O que será exposto: Fotos ou quadros com imagens que sejam acolhedoras ou divertidas para a família; plantas e até o uso de almofadas. Essas podem combinar as cores com a decoração e ainda se for uma família de “nerds” ter estampas de personagens dando um ar lúdico ao ambiente. Ou intercalar entre lisas e florais, por exemplo.

Lembre-se que com o passar do tempo os gostos podem ir mudando bem como a funcionalidade dos ambientes. Uma casa com crianças pequenas e pessoas idosas precisam de cuidados especiais. Se você tem animais de estimação também. Leve em consideração tudo que envolve segurança e não esqueça do aconchego. Uma casa precisa nos abraçar para nos sentirmos bem.

Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços