terça-feira, 20 de março de 2018

Casa saudável


Casa saudável

Uma casa saudável vai além de ecológica e sustentável. Os materiais e forma de viver precisam estar numa sincronia que o bem-estar e saúde reinem para todos. Inclusive a comunidade pode se beneficiar. Algo fácil? Talvez. Impossível? Não. Tudo é possível. Os caminhos existem. Só precisam estar acessíveis a todos.

Com o advento do ar-condicionado muitos lares e ambientes de trabalho não se preocupam se o local terá ventilação ou receberá a incidência solar adequada. O que as pessoas não se deram conta que é importante o ambiente ter circulação de ar e que o sol além de energizador sua luminosidade traz salubridade para o local. Assim como as construções grudadas umas nas outras muitas vezes impedem a ventilação cruzada. O que renova o ar e ajuda a retirar poluentes do ambiente.

A maioria das tintas e produtos industrializados utilizados nas construções podem emitir um pouco de gases tóxicos. Com o tempo vão se diluindo. Mas quando em grande quantidade ou quando o ambiente fica muito tempo fechado podem fazer mal para a saúde como provocar alergias.

Pode não ser possível ter o ambiente totalmente saudável. Atitudes podem ser tomadas para irem transformando o local, tais como:

- Utilizar ventilador de teto no exaustor ajuda a distribuir melhor o ar no ambiente, principalmente com o uso do ar-condicionado.

- Abrir as janelas para o ar circular e a luz natural entrar. Pelo menos alguns momentos por dia.

- Plantas são excelentes absorvedoras de poluentes de ambientes. Recomendadas pela NASA que fez pesquisas a respeito, tais como: Espada de São Jorge, Ficus, Gérbera, Jibóia, Samanbaia, Hera Inglesa, Tamareira Anã, Crisantemo, Dracena e Antúrio.

- Utilizar mais elementos naturais no ambiente como toalhas, lenções e roupas de algodão e cerdas naturais. Evitam ter estática ao contato.

- Qualidade da água: Evitar caixa d’água de amianto, utilizar filtros a base de carvão e quando utilizar garrafas que sejam de material com “free besfenol”. Que é um elemento poluente.

- Ambiente ergonômico. Preparado tanto para a infância quanto para pessoas com necessidades especiais. Como acessos e barras de apoio nos banheiros.

- Manutenções preventivas mantem a qualidade e salubridade dos espaços.

Precisamos cuidar a Síndrome do Edifício doente reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma patologia. Onde a saúde é relegada pelo mal uso e conservação da edificação. Cuidar do ambiente é cuidar da sua saúde. Numa casa saudável as pessoas são mais felicidades e equilibradas.

Mais informações sobre construções saudáveis em Selo Casa Saudável

Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços