terça-feira, 16 de outubro de 2018

Hora do mercado



Hora do mercado

Tem gente que adora ir no mercado e tem aqueles que odeiam. Mas ninguém pode negar que é uma necessidade. Que tal tornar esse momento mais agradável ou pelo menos produtivo.

Existem facilidades hoje em dia de compras feitas pela internet. Se esse não é o seu caso então precisa se organizar. É importante ver o espaço disponível em casa e levantar as suas necessidades.

01. Quais as refeições que faz em casa: café, almoço e janta.
02. Espaço para guardar mantimentos é grande ou pequeno.
03. Periodicidade das compras: semanal ou mensal.

Levantados esses itens é essencial mais duas coisas. Primeiro ter uma lista. Pode ser um caderno para anotar quando cada item acaba ou uma lista prévia com os itens que normalmente  compra com espaço para colocar necessidades ocasionais. A lista pode ficar exposta na porta da geladeira ou num local visível na cozinha para facilitar a anotação e controle de estoque.

Segundo elaborar um cardápio semanal para ajudar na hora de determinar o que comprar ou não.

Outro detalhe importante na hora de comprar. Leve sua lista e não vá com fome para o mercado. A chance de comprar mais é muito grande. Essa precaução ajuda a evitar desperdício e ainda traz economia. Você compra o que realmente precisa sem gastos extras.

Boas compras!

Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços


quarta-feira, 10 de outubro de 2018

O bem que o silêncio traz




O bem que o silêncio traz

Ficar em silêncio é quase ficar fora do tempo e espaço. Ao longo da vida desenvolve-se uma serenidade para observar o mundo e saber quando ou não interferir numa ação.

Mesmo em casa ou no trabalho seria ideal ter um espaço ou canto para desenvolvermos esse momento de silêncio. A mente sempre tagarelante  também precisa de descanso. Com o excesso de estímulos fica muitas vezes difícil de pensar e tomar decisões coerentes e sábias. Na época atual de redes sociais e a circulação enorme de notícias falsas ou manipuladas se faz necessário um momento de parada e avaliação.

Você já parou para pensar em quanto é influenciado pelo que lê ou vê? Quando recebe uma notícia você verifica antes se ela é verdadeira ou falsa? E quando descobre que é verdadeira avalia se realmente vale a pena levar adiante. Pensa nas consequências de suas ações? Então, que tal praticar ter o seu momento de silêncio. E a partir desse instante de sossego tomar uma atitude que possa fazer a diferença para o mundo de forma positiva.

Importante lembrar que um ataque verbal ou físico leva a outro e a outro e a bola de neve cresce e pode-se no final das contas restar inimizadas e nenhuma solução útil e saudável para ninguém.

Sugestão do dia: pratique o silêncio. Fará bem para o seu corpo e para sua alma. Acrescente respirar devagar, acolher seus pensamentos e deixar passar. Com a prática vem as consequências positivas desse ato. Você se contamina menos com os desabores da vida e começa a tomar atitudes mais acertadas.

Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços


quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Vamos brincar

Fonte da imagem: internet


Vamos brincar

Dia das crianças chegando. Ainda dá tempo de pensar em fazer algo especial com seus filhos. Você pode ainda comprar um presente se quiser, mas que tal criar um projeto especial junto com suas crianças? Seja fazer um brinquedo juntos, reviver brincadeiras da sua infância ou criar uma brincadeira nova. A internet pode ajudar nesse item. Vamos as opções:

Brinquedo juntos: Converse com seu filho. Que tal montarem uma versão de sucata de um brinquedo que ele goste muito. O diferencial dessa atividade é fazerem tudo junto. Pesquisa, adaptação e depois a montagem. Esses momentos ficarão eternamente marcados na memória de ambos. Façam sem pressa, sem padrões de perfeição, mas com muita afeição.

Reviver brincadeiras da sua infância: atualmente com excesso de brinquedos eletroeletrônicos muitas brincadeiras comuns na infância de muitos pais andam esquecidas. Seja pião de madeira, bola de gude, 5 Marias, etc. Qual brincadeira você adorava e gostaria de reviver com seus filhos? Parta desse ponto para mostrar para o seu filho como você brincava e se divertia quando criança.

Criar uma brincadeira nova: você pode resgatar uma brincadeira da sua infância e modificar ou juntos criarem algo diferente. Inventem os detalhes, só essa tempestade de ideias pode ser divertido e render boas risadas.

Vocês ainda podem criar um caderno de campo ou álbum contando todas essas vivências com ilustrações feitas dos desenhos, protótipos e fotos desses momentos especiais. Lembre-se que para seu filho sua presença é muito melhor que presentes.

FELIZ DIA DA CRIANÇAS!

Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços


quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Momento família




Momento família

Hoje se vive uma corrida desenfreada para cá e para lá. Não se tem tempo para nada. Quando as pessoas chegam em casa querem dormir ou sentar num sofá e não sair mais. Então, como fica a convivência familiar? Para lá de prejudicada normalmente.

Tem família que é normal a dupla jornada. Trabalhar fora e dentro de casa. E ainda tem aquele aparelhinho minúsculo que rouba minutos e até horas preciosas do seu dia. Se você pensou em celular. ACERTOU.

Por mais que as crianças até se envolvam com videogame, tenham seu próprio celular, o que deveria ser limitado. Elas também se ressentem da falta da mãe e do pai. Presença mesmo. Não é estar ali só de corpo presente, precisa a atenção de mente e coração também. Que muitas vezes estão mais voltados para as piadas, vídeos engraçados e muitas vezes em trabalho ou conversa com amigos no mundo virtual. Para não termos que marcar tantas sessões com médicos, psicólogos ou psiquiatras com nossos filhos que tal marcar um horário por dia ou quiçá por semana com seu filho(a) ou esposo(a) só de vocês. Celular desligado ou pelo menos que fique bem longe dos olhos e vocês são uns dos outros por alguns momentos. Pode parecer triste e desolador ter que dar essa dica. Mas ela parece ser cada dia mais necessária. Qualquer ser vivo precisa de conexão para viver bem em sociedade. E conexão com escuta ativa é bem melhor.

O que talvez seja necessário é colocar numa proporção justa a balança do nosso tempo. Ele é precioso e precisa ser bem aproveitado. Se for preciso comece com o uso de um despertador mesmo marcando as horas para a nova rotina. O ser humano leva alguns dias para assimilar um novo hábito. Então, faça por vários dias seguido até se tornar rotina. Que seja uma boa mudança para todos da casa. Para uma convivência mais harmônica e cheia de sintonia positiva. A saúde agradece e os relacionamentos também.

Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços


quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Você conhece a história da sua família?



Você conhece a história da sua família?

Vira e mexe me deparo nos trabalhos escolares dos meus filhos com temas sobre a família. Uma pergunta aqui e outra ali. Muitas vezes virá uma pesquisa interessante sobre situações vividas em casa. Aqui no Rio Grande do Sul no dia 20 de setembro se comemora o dia do gaúcho. Uma data cheia de simbolismos que nos remete a rememorar a história do estado e do seu povo. Daí te pergunto. Você conhece a história da sua família, quais são suas origens?

Nós brasileiros somos um povo formado por uma mistura de raças e povos. Numa mesma família pode-se ter uma gama enorme de origens.

Sua pesquisa pode iniciar pela famosa árvore da família. Nomes dos parentes. Depois qual a origem. De onde vieram os pais, avôs, bisavôs de ambos os lados.

Outra investigação interessante é saber como e onde viviam, hábitos peculiares, curiosidades, brincadeiras, culinária, etc. Quem sabe descobrir uma receita especial criada por um antepassado seu.

Convide os membros da família para ajudar. Sugiro comprar um caderno sem espiral e sem linhas para se tornar o livro oficial da família. Ali anote e cole todas as informações. Será um item importante do seu museu particular. Depois pode digitalizar e enviar/disponibilizar para todos os parentes. Será uma relíquia preciosa de família. Uma importante forma de conhecer suas raízes.

Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

terça-feira, 4 de setembro de 2018

Meu cantinho especial




Meu Cantinho especial

Como é bom ter um canto especial para chamar de seu! Um lugar para relaxar, ler, estudar, olhar TV, ouvir música. Enfim para fazer algo que para você é importante e revigora as suas energias.

Esse canto não precisa ser um espaço fixo em casa. Pode ser um lugar que você vá dar um passeio, caminhar ou correr. Que ao passar por ali se senta bem.

Caso seja em casa pode ser uma parte do jardim que você goste de se sentar e admirar as flores e plantas. Um verdadeiro colírio para os olhos. Ou um local dentro do seu lar como um sofá ou poltrona ou ficar no seu quarto em cima da sua cama.

Quem sabe é a casa de alguém especial. Que nesse local você se revitaliza não só pelo local, mas pelas pessoas que ali vivem.

Talvez não seja um local especifico. E sim qualquer lugar que você possa ficar sossegado entregue aos devaneios de seus pensamentos e viajar na imaginação por lugares ainda não explorados pela sua mente.

O que importante é você se sentir bem. Acolhido num cantinho especial que relaxe seu corpo e sua alma.

Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Curso de Reiki III



Curso de Reiki III

Reiki energia de cura. Alinhamento de energias que melhoram sua vida física, emocional, mental e espiritual.

Data: 26 Ago 2018 (domingo)
Horário: das 9h às 18h
Valor: R$ 300,00

Programa:
- Símbolos de Reiki do nível III
- Conexão com o Mestre Interior
- Cirurgia Astral
- Mandala de Reiki com cristais
- Cura de grupo e planetária e muito mais!!!

Instrutora: Mestre Reiki Andrea Dos Santos Leandro

Endereço:
Rua Visconde de Pelotas, 621
Esquina com Rua Silva Jardim - Santa Maria/RS
(Constelação - Espaço Psicoterapêutico)

Inscrições e informações:
(55) 99632.1828 (whatsapp)
andrelis.2@gmail.com
www.harmonizacaodeespacos.blogspot.com.br

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Dormir bem!




Dormir bem

O seu trabalho ou horário de aula não permite que você tenha uma excelente noite de sono? Seja porque tem que levantar cedo ou porque trabalha de noite. Se forem esses o caso, existem algumas rotinas na sua vida que precisarão ser mudadas.

Nem sempre o nosso horário de trabalho ou de estudo respeita o nosso biorritmo. Então precisamos adaptar. Quando a situação é ter que levantar muito cedo. É preciso dormir cedo também. Criar uma rotina para que tenha silêncio e todos da casa respeitem. Da mesma forma se você trabalha de noite. Durante o dia tenderá a ter muito sono. Adaptações na casa e na rotina da família precisarão ser implementadas.

O seu quarto precisará simular a noite. Estar escuro e quieto. Cortinas e persianas bem vedadas podem tornar o ambiente escuro. Quanto ao barulho existem janelas antirruído. Contar com a compreensão da família que permita que você possa dormir sossegada tantas horas necessárias para se recuperar do sono perdido da noite.

O seu caso ocorre todas as noites ou é plantão a cada tantos dias? Para cada situação uma solução. Mas em todas a necessidade do ambiente preparado e a colaboração da família é essencial.

Uma pessoa que não dorme bem pode ficar mal humorada o que dificulta os relacionamentos e também pode prejudicar a sua saúde. O corpo precisa dormir profundamente para relaxar e recuperar as energias.

Observe o que te deixa tranquilo para dormir. Crie sua própria rotina. E se mesmo assim não dormir bem procure um médico para verificar se não tem problemas respiratórios. Descartado esse problema será uma questão de organização familiar e do ambiente. É muito importante que todos colaborem. Uma família unida, num ambiente saudável vive muito mais feliz!

Bons sonhos!!!

Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Sem sono




Sem Sono

Como estão suas noites de sono? Você dorme bem? Você tem uma rotina saudável na hora dor dormir? Como dormimos é vital para a saúde. Você tinha ideia dessa importância? Então, você fica seguido sem sono?

Dormir vai além de descansar. Nossa mente também precisa de horas de sono profundo. Para que isso ocorra é importante respeitar alguns aspectos:

- Ter um horário regular para dormir. Cada idade tem uma quantidade de hora de sono. O biorritmo de cada um também pode ajudar a determinar quanto tempo é o melhor horário.

- O quarto deve estar totalmente escuro.

- Evite eletroeletrônico próximo da sua cabeça.

- Ficar mexendo no celular, olhar televisão ou ler notícias pode perturbar a mente e dificultar o sono.

- Não comer comidas demais perto da hora de dormir.

Cada pessoa pode notar o que perturba o seu sono e se preparar para a hora de dormir. E quando sentir dificuldade pode tomar outras providencias como tomar um banho morno. Beber um leite quente ou chá de camomila. Não ler ou olhar notícias ou outro tipo de entretenimento que possa perturbar ou preocupar a cabeça.

Dormir relaxa o corpo e a mente. Ambos precisam de horas de sono suficientes para recomporem a energia. Ficar sem sono pode ser um sinal de estresse. Caso tomando as providencias cabíveis não resolva. Procure um médico.

Cuide do seu sono ele é primordial para uma boa saúde!

Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Dia dos Pais



Dia dos pais

Datas comemorativas servem também como um lembrete especial que tem pessoas que são mais que importantes. São vitais na nossa existência. O pai é uma presença forte na vida de cada um. Normalmente são mais sisudos que as mães. Alguns por característica pessoal ou pela criação são mais contidos, mas por baixo de tudo existe um ser que ama e que se sente feliz ao seu lado.

Nesse dia especial declare para o seu pai todo o seu carinho e amor. Lembre-se que se muitas vezes ele foi mais contido com carinhos, pode ser assim que ele aprendeu. Então, vire a chave da mudança e dê você bastante carinho para seu pai. Ninguém resiste a um abraço apertado cheio de carinho.

Relembrem momentos especiais. Ou tentem recriar momentos especiais com ar de novidade. Um jogo de futebol ou pimbolim. Tudo depende de vocês.

Faça um programa legal com seu pai ou com quem representa esse papel na sua vida. Um dia memorável pode ser recriado sempre que vocês estiverem dispostos. Não é a data que o torna especial mas as pessoas que o compõem.

Feliz Dia dos Pais!!!


Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços

terça-feira, 24 de julho de 2018

O gostoso do “riddikulus”

Fonte: Cena do Filme Harry Potter e o Prisioneiro de Askaban


O gostoso do “riddikulus

Para quem é fã da série Harry Potter sabe sobre o feitiço “Riddikulus”. Na história só o riso espanta o bicho papão. A ideia aqui hoje é falar sobre aqueles momentos em casa que gostamos de ficar a vontade. Mas tão a vontade que quem olha de fora diria: - Nossa que ridículo! Mas para um fã do Harry Potter diria que uma bruxa entrou pela janela e fez o feitiço com sua varinha mágica dizendo: Riddikulus! E quando todos riem junto é mais divertido! Concorda?

Quem é que nunca gostou de usar um suéter ou blusão ou outra peça de roupa velha, surrada, mas que é super gostosa e confortável no corpo? Sair de casa nem pensar. Dentro do ambiente protegido do lar não tem impedimentos.

Terão aqueles que gostariam de ficar bem mais à vontade só de cueca ou outra roupa que consideramos: roupa de baixo ou mesmo pijamas. Por que será? Porque são confortáveis e nos deixam a vontade. A não ser que tenha uma visita ou sua casa seja muito exposta. Dentro da privacidade do lar qual o problema? Não fazendo nenhum atentado ao pudor !!!!

Então nas férias, final de semana ou depois de chegar do trabalho, tomar aquele banho regenerador. Use seu “feitiço” de proteção para tornar discreto sua presença em casa e então saque sua varinha e dispare um: - Riddikulus. Com certeza será a artimanha mais deliciosa que terá depois de um dia estressante.

Mesmo a mais vaidosa das mulheres, tudo bem, sem espelhos se não se sente a vontade. Ficar sem maquiagem, sem encher o cabelo de mil cremes e paramentas. Diga não é gostoso? Esquece o mago do espelho e a pergunta fatídica: Espelho, espelho meu. Existe mulher mais bela do que eu? Nesse momento nem Branca de Neve vai se sentir tão bem. Tire os excessos e seja você mesma. Sem maquiagens, cremes e roupas apertadas e sapatos altos. Nada como uma roupa confortável, uma pantufa bem brega para tornar a estadia em casa o momento mais gostoso do dia.

Seu lar é seu refúgio. É um lugar para se sentir bem. Sinta-se a vontade e não dê bola para o que os outros vão pensar. Se sentir bem é o padrão. Quando existe respeito por si e pelos outros a medida é o bem estar. Ria de si mesmo faz um bem enorme.

Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços


quarta-feira, 18 de julho de 2018

Decoração com toque especial



Decoração com toque especial

Tudo que fazemos em casa são como lembretes físicos do que está na nossa mente. Quando o lar e a nossa mente estão de acordo nosso viver é bem mais harmonioso. Daí você pode se perguntar: se a minha casa está uma bagunça e vivo bem assim mesmo. Quer dizer o quê? Ou para meu irmão ou para mim está ok ficar no meio da bagunça, mas para os outros moradores não. Como resolver?

A vida é cheio de aprendizados. Já pensou que o mundo poderia ser muito chato e monótono se todos gostassem da mesma coisa? Ou como o dizer antigo: não se faz bom marinheiro em mar calmo. O viver em sociedade faz com que saiamos da zona de conforto e a convivência em família de uma forma ou de outra nos ajuda a aprender a conciliar gostos e jeitos diferentes de ser.

Muitas vezes o jeito de uns pode despojado ou mais rigoroso seja com relação ao vestir ou organizar a casa. Para conciliar é preciso dialogar. Algumas vezes é preciso ajuda de um profissional. Desde que essa pessoa saiba conciliar organização com a personalidade dos moradores.

Existem regras e truques de organização e decoração que deixam os ambientes bem melhor de conviver. Você só nunca tinha pensado nisso. Nem sempre temos esse dom ou conhecimento. A partir de mudanças feitas no espaço você verá que pode tornar o ambiente bem mais harmonioso.

Um local para se fazer um teste é a sala de estar. Já que os  quartos são ambientes privados e pode-se deixar cada um arrumar do seu jeito. Dê sugestões para o bom convívio. Regras criadas em conjunto. Como onde se colocar a roupa suja para não ficar atirada em cima de camas ou embaixo delas (!?!). Voltando a sala. O que será exposto: Fotos ou quadros com imagens que sejam acolhedoras ou divertidas para a família; plantas e até o uso de almofadas. Essas podem combinar as cores com a decoração e ainda se for uma família de “nerds” ter estampas de personagens dando um ar lúdico ao ambiente. Ou intercalar entre lisas e florais, por exemplo.

Lembre-se que com o passar do tempo os gostos podem ir mudando bem como a funcionalidade dos ambientes. Uma casa com crianças pequenas e pessoas idosas precisam de cuidados especiais. Se você tem animais de estimação também. Leve em consideração tudo que envolve segurança e não esqueça do aconchego. Uma casa precisa nos abraçar para nos sentirmos bem.

Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços


quarta-feira, 11 de julho de 2018

Como você veste as suas paredes


Fonte da imagem: http://laisraquelblog.blogspot.com/2015/04/respire-e-se-inspire-azul-turquesa-s2.html


Como você veste as suas paredes

Imagine que as paredes da sua casa fossem você. Ela teria seu estilo? Estaria na moda? Vamos além. Você presta atenção nas paredes da sua casa?

São vários itens para avaliar: cor, textura, funcionalidade e acústica. Todos eles podem trazer harmonia e salubridade para o ambiente ou não.

Cores, por exemplo, dependendo do local podem ser como vitaminas tornando o ambiente mais saudável de ficar ou deixar mais estressante se as cores não estiverem de acordo com a energia do local. Por exemplo, nos ambientes de relaxar como o quarto as cores precisam ser claras e relaxantes. Já ambientes de convívio podem ter cores fortes como sala de estar e jantar. Mas de preferência numa parede só.

Texturas podem deixar as paredes mais bonitas porém podem tornar mais difícil a limpeza. Pense nisso quando pensar em usar esse item na decoração.

A funcionalidade das paredes vai além de separar cômodos da casa. Servem de decoração e um ótimo local para colocar lembretes daquilo que faz e pode nos fazer bem. Então escolha bem as imagens que irá colocar nas suas paredes. Fotos só se forem de momentos memoráveis. Quadros com imagens significativas e frases que contenham mensagens que te estimulem positivamente.

A acústica é outro item muito importante. Viver num lugar com muitos barulhos é muito estressante. As paredes com bom isolamento acústico e nisso inclui as janelas e portas podem ser a diferença quando se vive num local com muitos barulhos externos. Dentro de casa mesmo para maior privacidade é importante ter um isolamento do som.

A decoração da parede pode ser um contraponto para tornar o ambiente mais bonito e aconchegante. Pense nisso quando olhar para as paredes da sua casa. E aí elas tem o seu estilo?


Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Efeito espelho



Efeito espelho

Para repensar o mundo ao meu redor é preciso perceber como você o vê. Tudo ao seu redor é como um grande espelho que reflete o que está dentro de você. Para tanto observe seus relacionamentos, como sua casa está organizada, como lida com sua rotina e seu trabalho.

É um ótimo exercício de imaginação. Então comece observando as suas reações a tudo que acontece. O que te deixa brabo, chateado, triste, etc.? Se quiser pode fazer um diário. Facilita na hora de refletir em perspectiva. Principalmente observe no seu corpo como ele reage. Você sente frio no estômago, sente a mão se contrair, o rosto ficar vermelho, etc.

Outra forma de observação é olhar para o seu lar. É muito organizado, é muito bagunçado, só fica assim em momentos específicos? No dia a dia é possível ficarmos fora do prumo é tudo ficar uma bagunça. Pode refletir a falta de diálogo em família. Pois quando existe as tarefas podem ser delegadas e não sobrecarregar ninguém.

Outro exercício interessante é observar quando alguém falar com você. Como se sente: angustiado, chateado, esgotado, irritado? Essas sensações refletem uma reação interna de que algo não está bem. Então, encare a situação como um laboratório. Ficou irritado. Por quê? A pessoa disse algo que afetou? Ela fez um gesto ou ação que te deixou indignado? Tente lembrar se teve outro momento na sua vida que isso aconteceu? Teve a mesma reação? Vale a pena investigar e se for o caso fazer terapia para ajudar a lidar com isso. Comece conversando com uma pessoa amiga. E o caminho estará sendo trilhado para a cura.

Observe a sua imagem no espelho e veja a pessoa maravilhosa que é. Todo o seu potencial. Tudo que pode aprender e fazer. Sempre é possível mudar para a melhor. Comece valorizando o ser especial que é!


Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Repensar o jeito de ver o mundo




Repensar o jeito de ver o mundo

Nos dias de hoje é fácil julgar. Olhar as situações e tirar conclusões rapidamente. Mas sem saber como e porque as pessoas chegaram onde chegaram é um desrespeito.

Vivemos tempos que não sabemos como lidar com filhos, alunos e funcionários. Chegar a um meio termo entre autoritarismo e autoridade nenhuma. Fica uma grande lacuna difícil, mas não impossível de preencher. Existem diversos aprendizados que podem auxiliar. Um novo olhar. Uma flexibilidade no agir perante as situações, por exemplo.

Não nos damos conta que atrás de uma birra, de um mal comportamento e de tantas situações que não compreendemos pode estar por traz uma necessidade não satisfeita ou um jeito de lidar que não foi aprendido. Isto é, a pessoa só sabe lidar daquele jeito por ser a forma que ela aprendeu. Seja por observar as pessoas ao seu redor ou pela sua própria natureza.

E aí que está a situação chave. A origem do comportamento podem ser muitas. E nem sempre será aquilo que você imaginou. Daí acontece os julgamentos. Aprendemos tantas coisas na escola: português, matemática, geografia, inglês e até história. Mas não a história pessoal. Como nossas famílias lidam com os problemas. Como os relacionamentos funcionam. Como mediar os conflitos em família e com os amigos. Algumas famílias podem até saber fazer isso, mas outras não. Na escola da vida nem sempre a avaliação é feita de forma justa.

Não é apenas se colocar no lugar do outro. É compreender que ele tem uma história que o levou até ali. Independente de você concordar com essa trajetória ou ações. O importante é se dar conta que cada um teu seu jeito de lidar com a situação. A fase da vida desde a tenra idade até idade avançada tem seus níveis de maturidade. E cada uma delas existem necessidades especificas do período e dos desejos pessoais. E para satisfazer essas necessidades nem todos aprenderam a ter condições de reconhecê-las e saber lidar com elas.

Independente das técnicas atuais que estão sendo criadas ou antigas. Valorize quem você é. Para conviver melhor em família e em sociedade procurar compreender o outro e lembrar que o respeito começa com você mesmo e daí pode ter um melhor relacionamento com seus filhos, alunos e funcionários.


Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Com calma a alma se acalma




Com calma a alma se acalma

Muitos acontecimentos podem nos tirar do eixo. Quando não tomamos uma atitude pode virar uma bola de neve onde não só em si o problema pode se agravar como a saúde e os relacionamentos. Qualquer coisa virá motivo de briga ou reclamação. E os ânimos se alteram e ninguém se entende.

A comunicação é um dom precioso que possuímos. Ao longo da evolução humana os meios de conexão foram sendo aprimorados. Hoje uma notícia chega do outro lado do planeta em questão de segundos quiçá instantaneamente dependendo do meio utilizado. Muitas vezes sem filtro ou entendimento acabamos nos influenciando pelo que é noticiado. E quando o acumulo de notícias ruins e desagradáveis ferem e atingem nossos sentimentos por nos compadecermos ou nos sentirmos injustiçados. Podemos engatar na energia do conflito e nos afligirmos. Dependendo da fragilidade da saúde física e ou até psicológica entrar em depressão.

Digo-lhes que não precisa ser assim. O que podemos fazer é a nossa parte. Colocar um filtro maior no que ouvimos e vemos. Pensar no que podemos agir para fazer a diferença. Talvez não possamos ter inferência direta no que está acontecendo, mas com certeza no mínimo orarmos para tudo melhore já é um passo dado. Já foi comprovado que o poder da oração, isto é, várias pessoas emanando bons sentimentos em prol de alguma situação ou pessoas específicas realmente tem efeito benéfico. O contrário, infelizmente também é real. Muitas pessoas só maldizendo o ocorrido e reclamando. É como colocar lenha na fogueira. Só aumenta a densidade e gravidade da questão.

Cada um fazendo a sua parte pode fazer toda a diferença, por exemplo:

- Lembre-se que respirar devagar oxigena o cérebro e a mente fica mais clara para pensar em como agir. Então de forma lenta: inspira, expira e não pira.

- Caso tenha se sentido irado com alguma situação e acabou agredindo por gestos ou palavras alguém. Peça desculpas pela sua atitude. Sempre existe maneiras pacíficas de resolver conflitos. Se não tiver mais acesso a pessoa. Peça perdão nem que seja mentalmente. Guardar uma mágoa só aumenta a tensão ao redor do problema.

- Informe-se do que está acontecendo. Evite se expor a excessos de notícias negativas. Principalmente antes de dormir. Vai prejudicar o seu sono e não vai resolver o problema.

- Faça uma auto analise das suas atitudes. É fácil falar do político corrupto quando cometemos pequenas corrupções e ações nessa linha no dia a dia. Como avançar no sinal vermelho, não dar o troco corretamente, etc. Cada um sabe onde age de forma incorreta. Do pequeno se vai ao grande. Sempre alguém nota. E a corrupção nasce em pequenas ações. Seja um semeador de boas ações. Faça a sua parte corretamente.

Quando todos começam a conjugamos o verbo descontrole: eu me descontrolo, você se descontrola vai acabar chegando na conjugação nos todos nos descontrolamos e o caos se instala.

Buscar os seus direitos é justo. Sabemos que em todos os meios existem pessoas bem intencionadas e as que estão ali para bagunçar e buscar interesses escusos. Então, não alimente sua mente com pensamentos pessimistas. Foque no seu dia a dia o que você pode fazer para tornar o mundo melhor. E com calma a alma se acalma e essa energia se espalha e as soluções aparecem de forma pacífica.


Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços

terça-feira, 22 de maio de 2018

Regando sementes


Hoje no jornal Diário de Santa Maria saiu um texto na Coluna do Leitor com um texto meu falando sobre regar sementes de boas ações.

http://diariosm.com.br/
Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços

domingo, 20 de maio de 2018

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Super mães




Super mães          

Todas as mães são super especiais. Na maioria das vezes sua rotina é sobrecarregada. São várias atividades no dia a dia. Isso não tira seu brilho especial. Mulher intrépida e cheia de valor.

Quando nasce um bebê nasce uma mãe. Mesmo que esteja preparada tudo é novo. Desde o bebê crescendo dentro da barriga, o nascimento e todos os cuidados enquanto o filho cresce. Para uma mãe suas crias sempre estão na sua mente e no seu coração.

O desafio de uma mãe é se tornar desnecessária. Isso mesmo! Colaborar para que seu filho cresça e se torne um adulto independente e feliz. Essa jornada começa na infância. Nos afazeres diários. Enquanto bem pequeno o filho tem nos pais o seu porto seguro. Precisa de proteção e orientação. Nesse sentido, a família dita a bússola. A medida que cresce, a criança vai tomando suas decisões sozinha e arcando com as consequências de seus atos e ações.

Um passo de cada vez. Do engatinhar ao correr vários tombos serão dados. E assim nosso rebento cresce com suas memórias sabendo que teve uma mãe zelosa e que respeitou cada etapa do seu crescimento. A medida certa é difícil dizer. Nós mães ao aprender ao lidar com nossas emoções de forma sábia também ensinamos nossos filhos. A criá-los não numa cultura de culpa mas de responsabilidade. Cada um é responsável por sua ação.

A culpa traz peso na consciência e dor na alma. Responsabilidade traz segurança e motivação para seguir adiante e fazer o melhor.

Então queridas super mães. Respeitem seu biorritmo. Não se sobrecarreguem. Filho pequeno só temos num período curto da vida. Carregamos nos braços um pequeno espaço de tempo. Já no coração levamos por toda a vida. Dê o seu melhor lembrando que está criando seu filho para ele ser feliz no mundo.

Feliz dia das mães!

Andrea dos Santos Leandro
Consultora em Harmonização de Espaços

terça-feira, 1 de maio de 2018

Como anda seu momento de leitura?




Como anda seu momento da leitura?

Você prefere ler o livro físico ou digital? Eu ainda sou das antigas. Prefiro ter o livro em mão. Esse momento é único. Um tipo especial de namoro e paquera. Quando ganho ou compro um livro novo. Eu olho capa, contracapa, cheiro, olho as folhas, dou uma espiada numa página ou outra. Degustando antes de começar a leitura de fato. Tenho livros para lazer e livros de pesquisa. É muito provável que não leia todos nessa vida. Mas quem sabe? Vivo momentos especiais ao lado dos meus livros. Fico também muito feliz ao ver meus filhos entretidos lendo. E para você como é esse momento?

Em tempos de vida virtual agitada, ler pode ter seus momentos facilitados ou dificultados. Nossos olhos presos em telas pequenas como o celular e tablets. A possibilidade de prejudicar a visão é grande. Ler no computador tem suas facilidades por ser a tela maior. Cada um encontra seu jeito de acessar leituras recreativas ou instrutivas.

Detalhes importantes a serem cuidados é a iluminação e a ergonomia. É bem gostoso ler atirado numa cama ou em cima de almofadas. Por um período curto as costas até aguentam. Por longos períodos a coluna pode não suportar. Por isso, cuidar a postura ajuda muito.

Para leituras longas ter um canto especial para essa atividade pode fazer toda a diferença. Que tal uma poltrona aconchegante, perto de uma janela e com luminária para as horas sem sol. Ter uma mesinha perto para colocar uma xícara de chá ou café. Um banquinho para elevar as pernas. Montar um recanto encantador para as viagens que o livro proporciona. Cada história na mente do leitor pode tomar proporções inimagináveis.

Procure separar um período do dia ou da semana para se encontrar com o mundo mágico dos livros. É uma viagem especial para cada leitor. Depois trocar ideias com amigos e familiares. Uma gostosa sensação pode nascer desses momentos.

Na minha cidade está ocorrendo a Feira do Livro nesse mês. Então deixo o convite para os moradores de Santa Maria/RS para essa aventura na busca de livros. Para os demais existem livrarias físicas e virtuais. Outras feiras que podem proporcionar momentos libertadores através da leitura. Boa viagem!


Andrea dos Santos Leandro
Consultora em  Harmonização de Espaços
Apaixonada por livros